Ensinando as cores primárias e secundárias

(através da releitura da obra de Volpi – Festa de São João - 1950)

Metodologia: Crianças de 6 a 8 anos.

          O intuito é levar às crianças os eixos e campos contextuais do Ensino das Artes abordando elementos das cores através da leitura da obra de Volpi.

           Desta forma, as crianças desenvolverão a criação e a percepção dos elementos artísticos e estéticos, através das sensações e análises da obra, produzindo, apreciando e refletindo, no que se cita nos PCNs.

           As crianças poderão perceber a obra não só enquanto pintam, mas indicarão as suas texturas, cores, linhas e temas, aprendendo, também, numa interessante brincadeira, as cores primárias e secundárias, usando como modelo as bandeirinhas de Alfredo Volpi.

Tema:

          Conhecendo a mistura das cores.

Objetivo:

·         Trabalhar as cores e a observação em grupo enquanto o mesmo analisa o quadro de Volpi;

·         Realizar uma obra temática artística da releitura da pintura observada;

·         Perceber suas texturas, cores, linhas e temas - e expor as suas sensações.

 

Conteúdo:

·         Composição visual – Desenho e pintura realizados com tinta guache;

·         Qualidades da percepção – Análise, percepção e tentativa de explanar os mesmos através de diálogos e nos desenhos enquanto o bate-papo e a atividade acontecem com a turma;

·         Aprendendo combinação de cores – As crianças aprenderão as cores primárias e secundárias de forma lúdica, enquanto o educador ilustra a aula como se as cores fossem personagens, casando e gerando filhos (como nas ilustrações que seguem abaixo).

Planos de atividades:

·         Primeiro momento – Explanar o plano de aula para os alunos.  Conversar com os alunos que eles farão uma aula diferente, onde conhecerão um pouco sobre a biografia e as características das obras de Alfredo Volpi.  

·         Segundo momento – Releitura. Com a orientação do professor, as crianças observam a obra “Festa de São João”, expõe brincando o que sentem da obra e interagem enquanto desenham e pintam a sua releitura de forma livre.

·         Terceiro e último momento – Aprendendo sobre as combinações das cores. Munidos dos seus desenhos, os alunos podem expor seus pontos-de-vista e prestigiam os desenhos dos colegas. Neste momento, o professor ilustra a aula com as bandeirinhas estilizadas de Volpi como se elas ganhassem vida.  No casamento das cores primárias, nascem as cores secundárias, seguindo o esquema exposto das ilustrações abaixo:

 O CASAMENTO DAS CORES PRIMÁRIAS

     As bandeirinhas estilizadas de Volpi ganham um ar infantil para ilustrar a aula.

     As cores primárias Amarela, Vermelha e Azul representarão os casais.

     As cores secundárias Verde, Laranja e Violeta representarão os filhos.


Casando-se as cores vermelha e amarela, temos a cor laranja.


 

Casando-se as cores vermelha e azul, temos a cor violeta.


 

Casando-se as cores amarela e azul, temos a cor verde.


     As crianças pintam as bandeiras e misturam as cores primárias, descobrindo as cores secundárias!


                   CADA ATIVIDADE AQUI DESCRITA PODE SER ADAPTADA AO PROPÓSITO DO APRENDIZADO.

 
Crie um site gratuito com o Yola.